Comércio sem perspectivasO nível de confiança dos empresários do comércio caiu em fevereiro pelo sétimo mês seguido

Comércio sem perspectivas

O nível de confiança dos empresários do comércio caiu em fevereiro pelo sétimo mês seguido, segundo pesquisa da CNC (Confederação Nacional do Comércio).

O índice recuou 14,6% em relação a fevereiro de 2014 e chegou aos 100,6 pontos, em escala de 0 a 200 (números altos indicam mais confiança).
Os recentes aumentos de impostos e tarifas influenciaram de forma negativa na percepção dos lojistas.
"O consumidor terá o seu potencial de compras bastante comprometido ao longo de 2015 e isso se refletiu na confiança do setor", diz Fábio Bentes, economista da CNC.
A elevação nos preços de tarifas, como as de água e transportes, vai impactar no orçamento das famílias e reduzir sobretudo a compra de duráveis, segundo Bentes.
A projeção da CNC é de crescimento de 1,7% nas vendas neste ano, abaixo dos 2,2% de 2014 --resultado que foi o pior desde 2003

 

Criado: 05 de Março de 2015
Autoria/Fonte: Folha de S.Paulo, 5/3/15

 

voltar